Perfil

SIC

"O dinheiro era dos dois": Maria Leal reage às acusações de Francisco

Entrevista na íntegra

"O dinheiro era dos dois": Maria Leal reage às acusações de Francisco

A cantora Maria Leal desmente todas as acusações de que foi alvo, esta semana, por parte do ex-marido. Diz que o dinheiro era dos dois e que era para gastar. No programa da SIC Vidas Suspensas, Francisco d'Eça Leal acusou a cantora de lhe ter delapidado 1 milhão de euros, mas Maria Leal defende que o dinheiro foi gasto com a concordância de ambos. Em entrevista à SIC, a cantora revelou ainda que está a ser "julgada em praça pública" e que tem recebido ameaças de morte.

Veja ou reveja aqui a primeira parte da reportagem "Amor Cego", com todas as revelações feitas por Francisco d'Eça Leal.

A segunda parte é emitida na próxima terça-feira, no Jornal da Noite.

  • O "amor cego" de Francisco por Maria Leal

    Vídeos

    O programa Vidas Suspensas regressou esta terça-feira com a primeira parte do caso de um jovem que herdou um milhão de euros, esteve casado com a cantora Maria Leal e está hoje sem nada.

  • Vídeos

    Tendo como testemunhas as advogadas que acompanharam todo o processo de partilha da herança, Francisco, 24 anos, e Maria Leal, 44, casaram, no registo civil de Cascais, em 2013. A história dramática de Francisco d´Eça Leal - um jovem fragilizado que herdou uma fortuna e que hoje vive da ajuda da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa -, marca o regresso do programa “Vidas Suspensas” à SIC (terça-feira, depois do Jornal da Noite).

  • "Dizia que a minha mãe queria ficar com os meus bens"

    Vídeos

    Francisco diz ter sido feliz durante o ano em que viveu com Maria Leal em Campo de Ourique. De vez em quando, recebia as visitas da mãe, mas os encontros não corriam bem. A pouco e pouco, Maria terá começado a manipulá-lo e a isolá-lo. Uma história para ver na próxima terça-feira, às 21h00, na SIC.

  • "Cada vez que vinha, gastava 400-500 euros"

    Vídeos

    Os extratos das contas revelam onde foi gasta boa parte da herança (mais de 1 milhão de euros) de Francisco d´Eça Leal, o jovem que hoje vive da ajuda da paróquia de Campo de Ourique e da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa. As contas mostram que, quase todos os dias, havia gastos com roupas, joias, relógios, óculos, perfumes, cosmética, sapatos, viagens, discotecas. Quase 100 mil euros em quatro anos em despesas do género. Em Campo de Ourique, onde o casal vivia, há comerciantes que recordam os tempos em que Maria Leal era uma ótima cliente.

nas redes

pesquisar