Perfil

SIC

Rogério Feio

Vítor Norte

Rogério Feio, 61 anos – Barman e gerente

Quando a Adelaide me disse que estava grávida, era um puto. Ainda nem tinha 20 anos! Não queria ser pai, nem marido. A Adelaide era só a minha namorada.

Eu queria ser músico, tocar guitarra e ter uma banda. Meti-me no comboio e fui até Madrid. Depois, até Paris. Depois, acabou-se o dinheiro e tive de vender a guitarra. Comecei a trabalhar. Num café, numa loja e acabei a assentar tijolos. Passaram tantos anos. Não sei como, mas o Vasco descobriu-me e disse-me que eu tinha uma filha.

Voltei para Portugal há 10 anos e mudei de vida. Sou grato ao Vasco por me ter ajudado. E por me manter junto da Vera. Sei perfeitamente que a Vera me odeia, mas gosto dela. Acho que saiu à mãe. É muito parecida com a Adelaide e acho que é por isso que eu e o Vasco aceitamos tudo o que ela diz, mesmo quando é malcriada. Um dia destes o vasco vai contar-lhe a verdade e acho que vamos ficar mais próximos.

Sei que todos acham que eu sou fraco. Tenho as minhas fraquezas, mas também tenho as minhas qualidades. Sei tudo o que se passa no Clube, todos os clientes que entram e do que falam.

E também sei o que rende. Como a coca. Todos a querem e todas a procuram. E eu tenho bons contactos. Desde que o Vasco não saiba, não há mal nenhum em fazer algum por fora.

nas redes

pesquisar