Perfil

SIC

Bernardo Paixão

Tiago Felizardo

Bernardo Paixão, 40 anos

Sou inspetor da Polícia Judiciária. O caso da Andreia, a irmã da Jéssica, foi um dos últimos que coordenei. Infelizmente não consegui encontrar-lhe o paradeiro. Não havia provas de que a Andreia pudesse ter sido vítima de um crime. Desapareceu apenas.

Conheço bem o Clube. Tenho um bom contacto naquele bar. O Viana é meu informador há alguns anos. Já me ajudou algumas vezes, em especial com tráfico de droga na noite. É meu amigo, mas sei que me esconde informação. O Clube é frequentado por gente poderosa que não gosta de ver a polícia a cheirar.

Da Andreia nunca me disse nada. Suspeito que o caso possa envolver droga, prostituição ou tráfico humano. Mas sem provas é difícil. No entanto, para mim, continua em aberto.

Quando a Jéssica entrou no Clube percebi que tinha de voltar a pegar no caso. Ela corre risco e não confia em mim, nem na Polícia. E isso é perigoso. Ainda para mais quando as coisas estão a aquecer e parece estar a travar-se uma guerra de poder em torno do Clube. E vai haver vítimas.

nas redes

pesquisar