Perfil

SIC

Mulher morre em dispensa de hipermercado e ninguém dá conta: "Tem sido muito doloroso. Quero justiça"

No dia 12 de abril, Isabel Faria saiu para trabalhar e não regressou a casa. Preocupado, António Santos, o marido, foi à sua procura no hipermercado onde faz limpezas. "Batia nas portas e nos vidros, não havia ninguém que me falasse..." Sem respostas, recorreu à polícia mas também sem sucesso. "Vá dormir! Porque, certamente, a sua esposa saiu com uma amiga. Ela aparece!", respondeu-lhe os agentes, garante. António esteve horas à procura da mulher, até voltar para casa às 3 da manhã. "Este homem procurou pela mulher em vão, porque ninguém o ajudou", comenta Hernâni Carvalho.

nas redes

pesquisar