SIC

Perfil

Polícia disse que cadáver era de Miguel apesar de exames de ADN inconclusivos: "Não acredito que aquele rapaz era o meu filho"

Polícia disse que cadáver era de Miguel apesar de exames de ADN inconclusivos: "Não acredito que aquele rapaz era o meu filho"

Deolinda Bastos usou o subsídio de férias para procurar o filho em Espanha e conta o que a polícia espanhola lhe disse: "Admiraram-se porque a polícia portuguesa não pôs a Interpol à procura do menino".

nas redes

pesquisar