SIC

Babilónia

Inês tenta subornar Regina!

Ambição. Umsentimento multifacetado. Um desejo desmedido. Ambíguo e complexo. Isoladamentenão é positivo nem negativo, mas muitas vezes é visto como vilão e, por vezes,é enaltecido como virtude. Através de três mulheres, as mais distintasabordagens deste sentimento serão reveladas em ‘Babilónia’,a próxima novela, que estreia em abril.

 

As mulheres

Beatriz(Glória Pires) é uma mulher privilegiada, que tem sede de poder e usa a suasensualidade para conseguir o que quer. Inês (Adriana Esteves) não é tãoprivilegiada assim, mas tem a mesma sede de poder que a primeira. É frustrada etem verdadeira obsessão pela amiga de infância, Beatriz.

 

Regina(Camila Pitanga) é o oposto. É a heroína da história, que vai provar que épossível alcançar os seus sonhos sem passar por cima dos outros. É uma mulhersimples, de origem humilde, que quer vencer na vida.

 

Atravésdelas e das suas relações, Gilberto Braga, Ricardo Linhares e João XimenesBraga traçam um enredo de ganância e poder, ética e crítica social. A tramatraz à tona o melhor e o pior que a ambição pode gerar.

 

Um crimeentrelaça a vida das três mulheres e uma relação de chantagem faz com queBeatriz e Inês disputem um jogo de poder e equilíbrio de forças.

 

Há dez anos...

 

O reencontro

Estamosem 2005. Numa grande festa da construtora de Evandro (Cássio Gabus Mendes),duas “amigas de infância” se reencontram. São Beatriz (Glória Pires) e Inês(Adriana Esteves).

Beatrizestá noiva de Evandro (Cássio Gabus Mendes), cujo motorista, Cristovão (ValPerré), ela mantém como amante. Para Beatriz não há limites. O desejo falasempre mais alto. 

ParaInês, o reencontro é uma dádiva. Já Beatriz não tem qualquer interesse nessaaproximação. Mal sabe ela que esta repulsa vai custar-lhe caro. 

Inês apanhaBeatriz aos beijos com Cristovão e grava tudo num vídeo para chantagear suamusa inspiradora. Embora racionalmente não se dê conta disso, Inês sempre quisser Beatriz…

Filtrar por canal

nas redes

pesquisar